Exchange 2016 Product Guide

2016

O guia de produto oficial do Exchange Server 2016, que oferece uma visão geral da nova versão e detalha seus novos recursos e funcionalidades, pode ser encontrado no link abaixo.

O guia de produto oficial do Exchange Server 2016

Vale a leitura para conhecimento.

Um abraço.

Marcelo Nogueira.

Microsoft lança o Exchange Server 2016

exchange

A Microsoft anunciou em 01/10 o lançamento do Exchange Server 2016, nova versão da sua solução de correio eletrônico voltada para o mercado corporativo.

A versão 2016 inclui diversas melhorias no Outlook Web App, melhorias na confiabilidade, maior extensibilidade, arquitetura simplificada, busca mais rápida e intuitiva e muito mais.

Esta versão também traz inovações em diversas áreas, incluindo produtividade individual, colaboração em equipe e governança de informações.

A Microsoft anunciou hoje o lançamento do Exchange Server 2016, nova versão da sua solução de correio eletrônico voltada para o mercado corporativo

O Exchange Server 2016 também traz novos recursos, melhorias e refinamentos para ajudar usuários, profissionais de TI e empresas, como eDiscovery e alta disponibilidade.

Alguns dos recursos presentes na versão 2016 também estão disponíveis atualmente para os clientes do Office 365, já que eles nasceram na nuvem e foram refinados para a nova versão.

Blog Technet

Um Abraço.

Marcelo Nogueira.

Exchange Server 2016

Estamos praticamente na metade do ano e desde o começo do mês de Maio começamos a ouvir um pouco sobre a nova versão do Exchange Server, o Exchange Server 2016.

Uma alteração importante que aconteceu na arquitetura do produto foi remoção do Client Access Server (CAS), na nova versão teremos apenas o papel do Maibox Server e o Edge Transport. Todas as responsabilidades do CAS, na nova versão ficará com o Mailbox Server.

Um dos principais motivos da remoção do CAS da arquitetura do Exchange 2013 foi em relação ao custo com hardware, hoje em dia é muito comum pegarmos ambientes onde temos o CAS das versões anteriores rodando em um hardware dedicado e esse hardware sub utilizado em relação aos recursos consumidos pelo CAS.

Na maioria dos cenários onde temos o Exchange 2013 (que trabalha com os papéis Mailbox Server e CAS) recomendávamos a instalação dos dois papéis no mesmo hardware, se isso já era uma recomendação, porque não deixar todos os recursos em um único papel (Mailbox Server)!?!?

Em breve mais novidades sobre o Exchange 2016!

Exchange Server 2016 Architecture

Exchange2016

fonte: http://blogs.technet.com/b/exchange/archive/2015/05/05/exchange-server-2016-architecture.aspx

Um Abraço.

Marcelo Nogueira.

Analisador de Cabeçalho de Mensagens de E-mail

Se você já precisou resolver problemas em um sistema de email, independentemente do serviço de email utilizado, já deve conhecer os cabeçalhos de mensagens. Eles contém informações sobre o caminho percorrido por uma mensagem, além de outros metadados importantes.

Os cabeçalhos podem responder várias perguntas sobre uma mensagem, tais como:

  • Por que a mensagem demorou tanto tempo para chegar?
  • Por que a mensagem foi parar na minha pasta de Lixo Eletrônico/Spam?
  • Que saltos a mensagem deu até chegar à minha caixa de entrada?

Os Analisadores de Cabeçalhos, como o que acompanha o Analisador de Conectividade Remoto Microsoft, podem ajudar você a visualizar e analisar os cabeçalhos das mensagens ao mostrar as informações de forma fácil de entender e ao destacar diversos problemas, como atrasos de entrega suspeitos que podem exigir sua atenção.

Os cabeçalhos das mensagens são mais úteis quando você lê a cópia de uma mensagem do destinatário. Os cabeçalhos que constam de cópias do remetente nem sempre são úteis. Caso queira que os cabeçalhos das mensagens sejam enviados para você, o destinatário terá de extraí-los ou encaminhar a mensagem originalmente recebida como um anexo. (A maioria dos clientes de email oferece esse recurso como uma opção, mas isso não ocorre por padrão.)

Vou usar o Outlook 2013 como exemplo para demonstrar onde encontrar o cabeçalho da mensagem.

Abrir a mensagem recebida, clicar em File(Arquivo) depois em Propriedades.

outlook1

outlook2

Conforme imagem podemos verificar que no final da mensagem temos o cabeçalho.

Depois de obter os cabeçalhos das mensagens, cole-os no Analisador de Cabeçalho de Mensagens e clique em Analisar. O Analisador mostra a você o detalhamento sobre cada salto dado pela mensagem, bem como sobre todas as mensagens não recebidas.

Existe varios programas que fazem a leitura do cabeçalho, o próprio Exchange tem seu analisador.

vou demonstrar em 2 ( Exchange e Google)

Pelo Exchange conectar no site.

https://testconnectivity.microsoft.com/

analise

Colar o cabeçalho no espaço e clicar em analisar cabeçalho.

analiser2

Após você terá o resulta com o caminho que a mensagem percorreu e o tempo de cada salto entre os servidores.

resumo2

No Exemplo acima a mensagem enviada levou 14hs para sair do servidor de origem.

outro analisador bacana é o do Google.

https://toolbox.googleapps.com/apps/messageheader/analyzeheader

analiser_google

Espero que a dica ajude.

Um abraço a todos.

Marcelo Nogueira.

Nova Certificação.

Na Ultima sexta-feira fiz a prova de Upgrade 70-417 de Windows 2012.

Prova extremamente difícil, tanto que tirei exatamente 700.

A prova consiste em 3 provas juntos, 61 questões.

Agora é esperar as próximas, novas provas ainda vão sair.

Exchange Server 2013, Lync Server 2013 vamos aguardar.

 

 

 

EAC (Exchange Admin Center)

O Exchange Server 2013 não possui mais o Exchange Management Console (EMC), agora gerenciamos nosso servidor através do EAC (Exchange Admin Center) e o EMS (Exchange Management Shell) foi mantido.

Para acessar o servidor basta abrirmos um Browser e digitar a URL:

https://nomedoservidor/ecp

image

image

image

é isso.

Conforme for mexendo e aprendendo mais sobre o Exchange 2013.

Vou postando.

Um abraço.

Marcelo Nogueira.

Installing Exchange 2013 Preview

Pessoal  estou postando aqui a instalação que fiz do Exchange server 2013 Preview.

Para quem já trabalha com Exchange não encontrara dificuldades.

Após validar os pré-requisitos.

Domain Controller – Windows Server 2008R2 Sp1

O Active Directory deve estar no Nível de Floresta e Domínio em Windows Server 2003 ou superior

Instalado o Exchange Server 2013 em um servidor Membro.

Leia o resto deste post

Primeiras impressões: Exchange Server 2013 Preview

Fiz a instalação do Novo Exchange Server 2013 em meu ambiente virtual… Muito bacana bastante coisa está mudando…

Minhas primeiras e principais impressões:

  • Sai Exchange Management Console e Exchange Control Panel, entra o Exchange Administration Center (EAC);
  • Apenas duas server roles: Mailbox e Client Access; – Built-in DLP (Data Loss Prevention);
  • Mail flow: Front-End Transport Service nos CAS e o Hub Transport Service nos MBs;
  • Conceito de DAG boundaries além de considerar os sites do AD;
  • HA de Public Folders.

Vamos aguardar pra ver o que mais foi mudado.

Um abraço.

Marcelo Nogueira.

Remover o Database DEFAULT no Exchange 2010

Primeiro criar um novo Mailbox Database
Pelo EMC – Organization Configuration – Mailbox – New MailboxDatabase “NovoDatabase” Em seguida para remover o Mailbox Antigo:
Pelo Exchange Management Shell: Get-Mailbox –Database “Mailbox Database 185548704” –arbitration | ft –wrap –auto

Em seguida executar o comando: New-MoveRequest –Identity “SystemMailbox{abcdeotrnsdosd-thedefaultname-nsdfrnfsfdsds}” Substituindo o conteúdo de dentro das {} pelo resultado do comando acima conforme a tela nos 3 databases que são exibidos.
Após executar os comandos é possível verificar o resultado executando: Get-Moverequest | Fl

Os mailboxes dos usuários podem ser movidos para o novo Database pelo console do Exchange clicando em Recipient Configuration – Mailbox – Clicando com o botão direito no Mailbox e escolher a opção “New-moverequest selecionando já o novo Database.
Por último remover o Database Default pelo EMC

Biblioteca técnica do Windows 8 e Windows Server 2012 já disponível

Agora que voce já baixou a versão Release Preview do Windows 8 e o Release Candidate do Windows Server 2012 então você vai gostar desta informação: já está disponível a biblioteca tecnica, com muitas informações sobre implantação, migração, gerenciamento, etc. Este é um dado muito importante, pois até antes do lançamento do Release Preview / Release Candidate não haviam informações para quem’é de infraestrutura, apenas para quem desenvolvia para os produtos. Com estas novas bibliotecas começa a ficar mais claro como sera o processo de implantação deste sprodutos e até mesmo a parte de migração. Portanto se você é de infraestrutura ou gerencia um ambiente de rede então já pode começar a estudar melhor como fará a migração para os novos produtos.

Segue link:

Windows 8 – Biblioteca tecnica (EM INGLÊS) http://technet.microsoft.com/en-us/library/hh832030

Windows Server 2012 – Biblioteca tecnica (EM INGLES) http://technet.microsoft.com/en-us/library/hh801901

Um abraço.

Marcelo Nogueira.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 88 outros seguidores